#NOVASAFRA

#DESBRAVADORES 

#REPLAY #FULLALBUM

  • revistaamplificamais

IDENTIDADE E ESPIRITUALIDADE, O MERGULHO DE MAJUR!


Cantora que se destacou por diversos singles e também após sua participação na canção “AmarElo”, de Emicida, Majur abre de forma magistral seus caminhos com a estreia do disco “Ojunifé”, em um canto de identidade por cada atravessamento social que se faz presente em seus passos!


Disco que surgiu como resultado de um processo de autoconhecimento de Majur, “Ojunifé” carrega em seu nome um termo iorubano que significa “olhos de amor”, o que vai de encontro com a mensagem de acolhimento oferecida por esse disco.


“Eu tive que me olhar muito com os olhos do amor para sobreviver ao preconceito, à transfobia, ao racismo. Tive que me amar para continuar vivendo” - Majur

Suas linhas não se dividem, mas se somam entre as sonoridades presentes entre o afropop e o R&B, demonstrando uma profundidade não só pelos seus versos, mas também por sua riqueza sonora!


Adotando como instrumento de revolução a sua voz, a cantora baiana deseja que sua música possa ser esse apoio para as pessoas se identificarem, tornando possível a libertação de cada uma que vai de encontro ao seu potente cantar!





5 visualizações0 comentário