#NOVASAFRA

#DESBRAVADORES 

#REPLAY #FULLALBUM

  • revistaamplificamais

DIVERSOS ARES DO TREMENDÃO EM CARLOS, ERASMO!


Disco lançado em 1971, “Carlos, Erasmo” ressignificou a trajetória musical de Erasmo Carlos em um momento em que a jovem guarda perdia espaço para o tropicalismo que emergia com uma lufada de renovação para a música brasileira.


Erasmo assim, deixa o rock como uma manta que cobre suas influências para cantar uma MPB autêntica e sem vícios, o que se torna perceptível ao observar as gravações de canções de diversas vertentes, contando com composições de Taiguara, Roberto Carlos, Jorge Ben e Caetano, razão em que se encontra o sentimento atual ao tempo dos movimentos musicais que tanto funcionaram como frente à ditadura.


O amadurecimento de Erasmo o coloca de frente para a reinvenção de sua atmosfera, como um lapidar para o que chegava para se somar a seus ritmos, e nesse trabalho mostrou o quanto vive o tempo do agora ao renovar suas sonoridades!



3 visualizações0 comentário