NOSSOS CONTATOS

NOSSAS REDES

  • Bernadete

BRAZIL         +55 11 97020-3470

                      +55 11 95328-5572

BRAZIL         +55 11 94066-3395    

LISBOA:    +351 926 616 909

ASIA:           +66  6 3190-0160

EUROPA:     +32  483-408450

 MANOEL 

     corajoso, raro e plausível

Zé Manoel foi descrito por  críticos, alguns anos atrás, como corajoso. Entre tantos adjetivos que podemos utilizar para falar desse baita artista - letrista, instrumentista e cantor - certamente corajoso é um deles, mas não o único.  Dono de um talento ímpar e de um sorriso largo, o músico, que ainda carrega em si muito do menino que cresceu em Petrolina, interior de Pernambuco, é principalmente raro.

Aclamado pelos críticos como um novo Tom Jobim, ou Chico Buarque, Zé Manoel tem colecionado prêmios, entre eles o de  Melhor Álbum Projeto Especial, no 28º Prêmio da Música Brasileira, em 2017, por seu último trabalho “Delírio De Um Romance A Céu Aberto”, lançado em 2016 pelo selo Joia Moderna e produzido pelo DJ Zé Pedro e Thiago Marques. além das intérpretes que participaram do álbum de

Estúdio, o resultado é puro lirismo.

TRAJETÓRIA

Aos 18 anos começou a tocar, profissionalmente, em casas noturnas e nunca mais parou. Com seu quarto trabalho em produção, Ze Manoel tem conquistado o público e a crítica com suas composições que narram histórias, suas ou emprestadas, vividas, ou observadas.

A linguagem clara,  acompanhada pela melodia suave do piano,  cria uma simplicidade sofisticada que chega ao público de forma direta, sem escalas. O resultado é uma música fácil de ouvir, sem ser, absolutamente, medíocre. Muito pelo contrário. Aclamado pelos críticos como um novo Tom Jobim, ou Chico Buarque, Zé Manoel tem colecionado prêmios, entre eles o de  Melhor Álbum Projeto Especial, no 28º Prêmio da Música Brasileira, em 2017, por seu último trabalho  “Delírio De Um Romance A Céu Aberto”, lançado em 2016 pelo selo Joia Moderna e produzido pelo DJ Zé Pedro e Thiago Marques.

Neste projeto Zé Manoel acompanha, ao piano, célebres vozes brasileiras que interpretam canções escritas por ele.

Lirismo, aliás, é outro predicado frequentemente associado à obra de Zé Manoel. Desde o seu primeiro trabalho, lançado de forma independente em 2012, o artista tem sido aclamado pela poesia de suas músicas. O CD, que recebeu o nome do pianista, foi fruto da premiação do  tradicional festival realizado em Recife, o Pré-Amp.Com as faixas, o álbum, produzido por Carlinhos Borges e Albérico Júnior, ambos pernambucanos, foi gravado em Recife e contou com a participação de renomados músicos, entre eles Gilú Amaral(Orquestra Contemporânea de Olinda), Sérgio Campelo (Sagrama),Fred Andrade, renomado guitarrista pernambucano, o baterista, Adelson Silva (Spok Frevo Orquestra) além da participação do Grupo Bongar na belíssima faixa Sol das Lavadeiras, um retrato musical que poderia ter sido capturado por uma câmera fotográfica às margens de um dos muitos rios que banham Pernambuco.

Ainda sobre esse álbum, a inclusão das canções Acorda Flor e Valsa, na trilha sonora da série Louco por Elas, uma produção da Rede Globo exibida entre entre 2012 e 2013, dão a dimensão da imediata aceitação e reconhecimento do trabalho do artista como uma revelação na nova MPB.